31.8.11

Quando os pais saem de férias...

Não é fácil sair de férias e deixar por alguns dias as crianças. Marido programou, aceitei sem pensar muito, não "estudei" nada antes de vir, mas sim, eu sabia que eu viajaria e seria tudo bem.


Todo um esquema montado, contando com vó, vô, outra vó e outro vô, tios, tias, empregadas e quem mais quisesse aparecer!


Deixei tudo escrito, tudo programado, mas foi tudo furado! Não me importo, desde que minhas filhas fiquem bem! 


Furado eu quero dizer, por exemplo, a Carol, que não quis mais ir para o inglês, nem para o balé, muito menos nas festinhas (deixei os presentes comprados, roupas separadas e as caronas acertadas). Ou então, as pequenas, que ficaram doentinhas, foram na pediatra e até antibiótico tiveram que tomar! Fora minha mãe com uma super sinusite e a sogra com pressão alta. Coisas que não conseguimos programar.


E é impossível passar um carrinho de criança e  eu não olhar. Tem horas que fiquei com vontade de pedir para pegar um baby alheio, dar um beijo, um aperto, sei lá. E quando apareciam gêmeas, claro, eu lembrava e até  chorava.


Sou assim. Chorei todas as noites. Amei a viagem, não traria elas junto numa viagem dessas, muito tempo de avião e muita coisa para se conhecer, mas sim, eu preferia que elas estivessem junto com a gente. Com certeza irei viajar outras vezes sozinha com o marido (se a "equipe" ficar com a turma de novo), mas sim, sim, sim, gostaria que elas estivem com a gente.

6 comentários:

Ô gabi, como lhe entendo! Vc acredita que até hoje não tive coragem de viajar só com meu marido? Não consigo me imaginar viajando sem as crianças. Sei que estou precisando e que elas ficariam muito bem, o problema é comigo. Quero pensar cada vez mais nisso, porque realmente a necessidade está batendo á porta,rs!

Bjos!
Ai Gabi...imagino seu sofrimento..ficou dividida né? Tadinha...mas foi importante pra vocês não foi? Own...Saudades de vc! Beijos, Re
É não é fácil mas faz parte, né? Esse sentimento deve ser constante,... acho que se fosse comigo seria o mesmo.. hehehe Bjos
Ai Ai tem coisa que nem dá para programar não é mesmo?
Pelo menos suas filhas estão bem e não foi bom para você e seu marido?

Beijos
Ô, meu Deus, jura??? Mas, e a viagem? Foi boa?? Conta! Conta!
Bjos, querida!!
Camila
www.mamaetaocupada.com.br
Aiii Gabi eu passei por isso também...me senti uma bruxa por não ter levado elas...cada criança, cada carrinho eu olhava e falava..."Ai que saudades das meninas!....quando não era eu ...era meu marido...mas depois de uns telefonemas, percebemos que elas estavam amando ficar com os vovôs e mal sentiam a nossa falta.....aí então que começamos a aproveitar a viagem...rs...
Já estou te seguindo!!!!

Ah Da uma passadinha no meu blog e diga qual look você usaria nas suas princesas.
bjks

artemodaemae.blogspot.com

Postar um comentário