22.11.11

Gêmeos

Hoje saiu uma matéria bacana na Folha de São Paulo, que tinha como título:

Brasil vive 'epidemia' de gêmeos; veja desafios e dúvidas dos pais


Concordo muito que "os dilemas vão além da roupa igual ou roupa diferente?", como eles citaram no texto. Poxa, eu sempre gostei de comprar alguma peça de roupa igual pra mim e pra Carol, ou para a Carol e para a Bella, que são primas. Gosto, acho bonitinho, e daí que tive gêmeas! Imaginem se não vou vestí-las iguais??? Lógico que sim! Até o dia que elas saírem comigo para escolher suas roupas e cada uma escolher a sua, daí é lógico que vou fazer a vontade delas!

E a querida Carol Passuello que participou da matéria com os fofos Rafael e Leonardo e disse:  
"Um pede mais colo do que o outro. O que eu devo fazer? Devo dar mais atenção para o que pede mais ou então me dividir entre os dois, mesmo deixando um descontente?"

Aí é que tá. Pra mim não importa se estão de roupa igual, cada uma já mostra a sua personalidade desde cedo. Uma das minhas também quer mais colo durante o dia, mas a outra é que acorda de madrugada pedindo um chameguinho e querendo dormir no nosso meio.

E também falam sobre a comparação, que gêmeos ganham rótulos. Sim, muita gente pergunta: "Qual é a boazinha? Uma é mais bagunceira, né?". Mas gente, é lógico! São irmãs! São duas! São diferentes!

Agora a parte que gostei muito da entrevista:

A maioria das escolas particulares tem como regra separar os gêmeos, para que cada um tenha sua turma e não acabe se apoiando no outro. "Dizem que é para facilitar a vida dos irmãos, mas às vezes facilita a vida da escola", diz a terapeuta Sâmara Jorge.
Para ela, ficar um tempo na mesma sala, quando pequenos, pode ajudar na adaptação. "Não dá para fazer de conta que o vínculo não existe." Depois, o melhor é separar mesmo.
A psicopedagoga Neide Noffs, da PUC, concorda. "A preocupação é a individualização. Muitos professores não sabem lidar." Mas não precisa exagerar e colocar cada um em uma escola.
A individualização é importante na escolha de roupas e brinquedos. Cada um deve ter suas coisas e ser estimulado a manifestar a sua vontade. De novo, sem exageros: podem dormir em duas camas, mas no mesmo quarto. São irmãos, afinal.
"Se querem festas com temas diferentes, tudo bem. Mas não é errado ou preocupante quererem a mesma decoração e o mesmo presente", afirma Quézia Bombonatto, terapeuta familiar e presidente da Associação Brasileira de Psicopedagogia.
 

Ok, deixem eles, não tem como fingir que não existe vínculo entre eles. É uma ligação muito forte. Quando uma sai do berço e a outra não, elas ficam chamando uma pela outra, ou se uma dorme, a outra fica tentando acordar, fica chamando. E eu vou sim colocá-las juntas no colégio, se lá no primeiro ano eu perceber uma mais largada que a outra, ou uma se aproveitando da outra, daí vou separá-las. Senão, ficam juntas.

Então percebam, que não é preocupante que queiram as mesmas coisas. Poxa, são irmãos! Se a Carol e a Bella, que são primas, com quase 2 anos de diferença querem coisas iguais, imaginem irmãos gêmeos! É inevitável.

4 comentários:

Eu concordo com vc!! Deixa as crianças viverem, cada mãe com certeza sabe a hora de separar.

beijos
Oi Gabi!! Concordo plenamente ninguém melhor que vc para saber o que é melhor para elas. Bjus
Que difícil né Gabi??? Essa questão do colégio é o que me deixa mais em dúvida... Concordo que no começo é melhor deixar junto, período de adaptação, mas depois não sei... Bjao
Gabi, estudei com minha irmã gêmea univitelina na mesma sala durante toda a nossa vida escolar. pra vc ter uma idéia, só nos separamos na faculdade! Ela fez arquitetura e eu fiz Direito. Fazíamos tudo juntas e isso nunca atrapalhou o desenvolvimento da nossa individualidade, o que sempre foi respeitado por nossos pais. Por isso, a separação, colocar em salas diferentes, não é garantia de nada. E acho tudo muito relativo, cada caso é um caso, depende MUITO da criança, do perfil e da sensibilidade dos pais, que são as melhores pessoas pra tomar essa decisão.

Eu e minha irmã somos muito unidas, grudadas e ADORO essa ligação que temos!

Bjos!

Postar um comentário