28.2.11

Blogagem coletiva: Nós, os pais - NOT!

Bom, hoje é dia da Blogagem Coletiva: Nós, os Pais. Mas aqui em casa, não rolou não. Tive olhando alguns emails que marido mandava quando éramos namorados, eles tinham no máximo 2 linhas. As mensagens que ele manda, apenas umas 3 palavras. Nos cartões com flores que recebo, um simples "Eu te amo, beijos" ou "Parabéns vc é a melhor mãe do mundo". E ele é assim. Não consegue escrever nada mais longo não. 


Falei várias vezes sobre a blogagem, que os pais iriam escrever e tal. Ele me olhava e ria. Pensei em fazer uma entrevista com ele, mas o final de semana foi corrido e também não fiz. Já são mais de 8 e meia da noite e ele nem chegou em casa ainda, vai chegar cansadão, tá trabalhando demais.


Mas não é por isso que ele deixa de ser o melhor pai do mundo. Ele é o paizão das minhas meninas!
22.2.11

Churrasco

Ontem dei um "pause" mais ou menos nos preparativos da festa das gêmeas para pensar num churrasquinho para comemorar o aniversário do marido.


Reunimos a família e alguns amigos mais chegados e fomos comemorar na chácara. Em plena segunda-feira! Ufa! Hoje acordamos quebrados, mas foi muito bom.


Comprei um bolinho, velas, meu cunhado querido Fernando preparou toda a carne, com toda a experiência que ele tem, estava uma delícia! Antônia fez a farofa de batata palha dela que já está famosa, Dê fez a maionese e eu fui atrás de toalhinhas e enfeites de mesa (5 horas da tarde, sou uma esposa fofa?). Sogra fez uma saladona linda e gostosa. Sogro também ajudou o dia todo com o que ele mais gosta: cerveja!


Resultado: amigos contentes, que há tempo não se viam, criançada berrando e correndo por tudo. Dudu e as gêmeas engatinhando por tudo, mesmo depois de estarem tomados banho. Faz parte.


Na hora do parabéns, chamei as crianças, que quiseram apagar as luzes, mas com as luzes todas apagadas, a Carol vai colocar a vela no bolo e quebra a vela! Kkkkkk... Mas deu certo, sogro "grudou". O 3 ficou com uma cara de 5, mas não tem problema!


Como eu amo fazer uma festinha, adorei! E hoje volto com os preparativos da festa delas!


Foto da família para registar o momento!





21.2.11

Aniversário Emanuel

Hoje é aniversário do grande amor da minha vida, pai das minhas lindas, super marido, melhor médico do mundo, Emanuel.


Essa semana achei uma pasta com muitos emails dele que eu imprimia assim que a gente começou a trocar emails, porque, claro, antes disso a namorava por cartas, e tenho todas guardadas até hoje! 


Como eu chorava quando ele ia embora domingo para Pelotas, onde ele fazia faculdade... 


Dizem que para estar com uma pessoa a gente deve admirá-la, e eu o admiro demais. Acho que ele é sempre o mais esperto, sempre o mais inteligente, o melhor de todos os maridos. Acho ele o melhor médico do mundo mesmo, porque vejo sua disposição, sua dedicação e seu amor pela profissão. Já reclamei muito dele como pai, mas mulher é assim mesmo, gosta de reclamar e sempre quer mais, mas depois das gêmeas, ele pega junto. Me ajuda demais com elas, dividimos as tarefas mesmo, nem preciso pedir, ele já tá ali junto, mesmo trabalhando dia todo e muitos finais de semana.


Ele nem quer saber do meu blog, detesta que eu fique muito tempo na internet, mas não tem problema, não vou deixar de registar o aniversário dele aqui não!


Desejo que ele tenha saúde e paciência, desejo que a gente passe mais muitos aniversário juntos, desejo o que há de melhor no mundo, desejo que minhas filhas sejam as melhores filhas do mundo pra ele


Nuco, te amo! Te amo cada vez mais!


E aproveitando a brechinha.... Nuco, Nuquinho, participa da blogagem coletiva, vai???? Por favor!!!!! É dia 28: os pais blogando! Será, gente? Eu duvido.







20.2.11

Tristeza...

De vez em quando escuto pessoas se preparando para nascimentos e lembro e fico muito triste. Quem não passou, não sabe como é triste preparar uma mala de maternidade e a mala voltar intacta pra casa. Pensar tanto tempo no enfeite da porta da maternidade, mandar fazer com tanto amor, e ele ter que voltar pra casa.Apressar a lembrancinha e não ter o bebê no quarto para as pessoas visitarem. Ficar no quarto sem os bercinhos... Tantos planos... e a gente não sabe o que nos espera na hora do parto... Como foi triste. Como é triste vir para casa sem o bebê com a gente... ainda bem que tinha a Carol precisando de mim.


Como eu chorei, como me senti fraca, impotente. Mas lá na frente delas eu era muito forte, rezava muito pra elas, cantava pra elas, conversava. Só não dormia lá pela Carol, claro, e porque não podia mesmo.


Mas os dias se passaram, elas tiveram alta da UTI antes do que eu imaginava, usaram todas as roupinhas da mala - que minha mãe e a Mica guardaram tudinho, me pouparam de desfazer a mala delas - consegui colocar o enfeite da porta penduradinho no roupeiro delas, dei as lembrancinhas para todos e ainda tive que mandar fazer mais por três vezes! Isso que elas estavam proibidas de receber visitas...


Não sei porque lembrei desse momento, que já está fazendo um ano semana que vem! Mas, graças à Deus, agradeço por tantas orações, de tanta gente, hoje as duas estão aqui, fervendo, saudáveis, coisamaislindadomundo, fazendo um aninho! Logo, nem terei mais bebê dentro de casa, nunca mais. É a vida.



17.2.11

Preparando a festa!

Adoro fazer festinhas de aniversário. Adoro! E estou enlouquecendo com a festa das gêmeas! Tem muita coisa linda na internet e eu quero tudo! Tô pirando!


O tema é cup cake. Me inspirei numa festinha da revista Decoração e Estilo Festas. Coisamaislindadomundo! Depois claro que colocarei todas as fotos aqui!


Mas hoje já é dia 17 e eu nem decidi os convites ainda! Já tô ficando nervosa!!!! Muitas opções e eu gosto de fazer,  gosto de colocar a mão. Não sei simplesmente mandar fazer e pronto. Alguma coisinha eu tenho que inventar! Faço sempre tudo nos aniversários da Carol, e no delas não vai ser diferente!


A festa está marcada para o dia 12.03.2011, mas elas completam 1 aninho de gostura no dia 02.03.2011.













14.2.11

Grude

Por alguns momentos, cheguei a pensar que minhas filhas não sabiam que eu era a mãe delas, que não me amavam (oi? - mãe louca). Qualquer um (leia-se tios, avós, babá) que desse um carinho pra elas, elas já se atiravam no colo, já sorriam facinho, facinho. Mas isso passou (yes!), e confesso que eu adorei! 


A Isadora andava num grude total comigo, não podia me ver passar, me chamava esticando os bracinhos. Na viagem, mal consegui ficar com a Helena no colo durante os voos. Só com a Isa, senão ela gritava. Só parava no meu colo. Então, eu disse "andava num grude", porque hoje mudou! Hoje é a Helena que tem feito exatamente o que a Isa estava fazendo. Grita quando me vê, chora se eu passo e não pego ela. Será que aprendeu com a mana? Mas o engraçado é que a Isa tá bem tranquila. Deixou a mamãe para Helena. Coisa de gêmeas? Uma vez de cada? Não sei dizer, só sei que estou amando isso! Estou amando esse grude!
13.2.11

Férias na Bahia!

E fomos viajar com as meninas!


E foi ótimo!!!!!


Primeira viagem de avião delas. Pensei que seria pior, sério, mas foi tranquilo. Fomos em 13 pessoas, sendo 5 crianças, e, claro, sempre tinha alguém para ajudar, dar uma mão, carregar uma mala, pegar alguém no colo, ajudar a olhar a Carol e a Bella.


Carol e Isabella aproveitaram muito e voltaram pretinhas! Isadora, Helena e Eduardo, mesmo com protetor 70, voltaram bronzeadinhos também!


No primeiro dia e até no segundo fiquei cansada. Muita correria, o resort é enorme, as meninas ainda perdidas na rotina, mas a partir daí... que delícia! Se eu pudesse estaria lá até hoje... eheheheh...


Família toda reunida. Café da manhã, almoço e janta, todos juntos! Meninas dormiram super bem. Carol passava parte do dia no mini clube. De manhã, após o super café, íamos para piscina. Lá pelas 11 horas, os pequenos dormiam ali mesmo, em uma caminha improvisada. Almoçavam por ali mesmo. Quando batia a fome a gente ia almoçar, sem pressas, sem hora pra nada, que vida boa! Depois descansava um pouco, depois mais um pouco de piscina. Bom demais!


Carol desde que soube da viagem, queria trazer de lá uma roupa de "abaiana". Ainda bem que a tia Lilian foi conhecer Salvador e trouxe de lá uma roupa pra ela e pra Bella. Ficaram lindas! Bom, desde que chegamos, ela colocou a roupa todos os dias!




Maravilha!
Primas queridas, Carol e Bella.


Abaiana!



Helena e Isadora curtindo o final de tarde!




A galera do Pinheirinho!


Dudu e Helena. Cumplicidade de primos desde pequeninos!


1.2.11

Eduardo e Mônica

Carol vive me pedindo para contar histórias pra ela, mas detalhe, histórias inventadas. Ah, também pode ser histórias dela, de quando era bebê, ou da minha gravidez. Ela adora saber.

Bom, eu vindo pra praia com elas. Meninas dormindo, ela ficando com soninho... Me pediu uma história. Eu, querendo bancar a esperta perguntei se podia ser uma música que conta uma história. Ah! Ela adorou, mas eu comecei a cantar e percebi que eu não lembrava mais da letra!!! Pedi pra ela perguntar para o pai dela, que também mal lembrava da letra da música. Resultado: ela pediu taaantas vezes pra gente cantar, que marido comprou o cd do Legião Urbana pra ela. A música/história tão esperada era Eduardo e Mônica. Agora pensem na cena, uma menina de 6 anos com o som do carro no máximo, ouvindo mil vezes por dia Eduardo e Mônica. E muitas vezes, deixa o carro todo aberto e vai brincar ao som de Legião Urbana!

Neste mesmo dia comprei um cd da Adriana Partipim, que ela também amou e intercala com o cd do Legião ouvindo o dia todinho! A Vila toda aqui da praia já decorou as músicas!




- Posted using BlogPress from my iPhone