31.5.11

Editorial Carol - parte 1

E não é que a minha boneca linda participou de um editorial de moda para o blog Vestido de Rodar? Foi a querida Rejane que convidou e deu certo de irmos para Floripa bem neste final de semana.


A Re só me liberou uma foto para hoje, que ela ainda estava sem a "produção". 




Chegamos lá no local das fotos cedinho. Eram 7 modelos, 4 meninas e 3 meninos. Percebemos que a maioria já se conhecia, nós éramos as novatas ali. Um dia antes, ela tinha provado várias roupas para as fotos, mas não usou todas, claro, era apenas a prova das roupas, para ver em quem ficava melhor. 
Daí que o editorial estava dividido em cenas, e na primeira ela não participou, e eram algumas roupas que ela provou, mas as outras meninas que iriam usar. Pronto. Já ficou braba, entrou no carro, não quis mais participar de nada. Na verdade, ela teria que ficar no fundo das fotos, brincando, mas ela não quis. Pensem na cabeça de uma mãe. O que eu faço? Brigo? Levo embora? Tento convencer? 
Resolvi esperar pela próxima cena, que ela iria participar, deixei ela no carro, brincando no celular, se ela não quisesse fazer nada depois, eu já pegava o carro e me mandava. Mas e o comprometimento com a Re, a produtora? Ficaria chato, né? Mas que nada, a Ju, mãe da Sophia, conversou com ela e com toda a psicologia de uma mãe, ela falou: "Carol, não tem problema, se vc não quiser participar, a "Fulana" pode usar a sua roupa, não tem problema, serve nela também..." "Carol, nem sempre a gente usa a roupa que a gente quer, aqui não é como na nossa casa, não é a gente que escolhe. Aconteceu assim com a Sophia, ela também não queria usar tal roupa em tal desfile, mas usou..." E assim, ela foi ficando quieta, pensando e deixamos assim.
Mas daí chegou a vez dela! E claro, que exibida do jeito que é, ela foi! Adorou, fez maquiagem, fez a produção do cabelo e ficou linda, linda (mãe babona, eu?). Ela se olhava e dizia: Ai mãe, tô linda, né?" Ahahhaha... bem modesta essa minha filha!
E depois ela já estava enturmada com as crianças. Como fazem amizade fácil, né, que bom.
Outra coisa legal, nos intervalos, enquanto uma criança não bate as fotos, as mães já inventam uma brincadeira para as outras e assim o dia vai passando e elas passam o dia como se tudo fosse uma grande brincadeira. Mas isso é coisa de mãe de mini model experiente, claro!
E ela bateu as fotos, fez duas trocas de roupas, amou, amou, mas nem esperamos terminar e tivemos que voltar pra casa, já que o marido estava com as gêmeas na casa da minha prima.
Só sei que fomos nos despedir da Re e ela falou: "Re, adorei, quero fazer sempre, tá?" Ahahhahah... 







30.5.11

Carol e Sophia

Este domingo a Carol participou de um editorial para o blog Vestido de Rodar, da querida Rejane, tia da fofa, linda e exibida Sophia, que é filha de outra querida, a Ju, que ajuda a Re e tem o blog Meu mundo de Sophia.


No sábado fomos na casa delas fazer a prova de roupas e as duas já estavam brincando como se fossem amiguinhas de sempre!


Olhem que fofas:










As fotos do editorial logo logo estarão no blog Vestido de Rodar, aguardem fotos maravilhosas, com a participação da minha modelete linda Carolzinha! Ela amou passar o dia batendo fotos, se arrumando, maquiando e conhecendo novos amiguinhos. Obrigada pelo convite Re! Amamos!


E um muito obrigada ao meu marido lindo, que ficou com as pequenas, mesmo fora de casa. Levou um cansaço! Obrigada minha tia linda e querida, Marilina que ficou junto com ele e a prima linda Vinha que nos levou até lá na casa da Re.




Atualizando: a fofa e pequena Sophia não participou desta vez do editorial, porque era para crianças maiores... own, que pecado!!!




Posted using BlogPress from my iPhone
27.5.11

Quando o pai coloca pijama nas filhas...

Elas acordam assim:






Não, não é o cabelo descabelado! São os pijamas trocados mesmo!!!!

Esse é o meu marido!


- Posted using BlogPress from my iPhone
26.5.11

mãe eu te amo


hoje    e    um   dia    muito     legal    mamae    e   seu    aniversario    legal    ne    o    dia     e    teu    tu     manda    na     casa     e      mae    so    teu    tambem    eu    te   adoro    muito    o    ta     velha     32anos      parabems      mae      te     amo    te     adoro   as    manas    e o      pai     tambem      parabens



seu     aniversario    bom

te    acho     linda      mae

ao     passsar     do     tempo     voce      melhora     mas    muito

mais     e   bom     os    nossos      momentos        juntinhas      nao     e

te    amo    muito


mae   bjs    e    abracos     mãe amo vc muito


"Post", como ela mesma disse, escrito pela Carol, 6 anos, para o meu aniversário de 32 anos, hoje, 26.05.2011. Inclusive as fotos, ela que escolheu e colocou sozinha. Como já entende de blog, hein?
Existe presente melhor?
25.5.11

Todo dia ela faz tudo sempre igual...

Só nas quartas-feiras é assim...

7:00 marido acorda e me acorda.
7:45 interfone. Desce pra abrir a porta.
8:10 Começa a acordar a Carol pro inglês.
"Faz xixi, Carol. Anda Carol. Faz agora porque tem que colocar a roupa do balé."
"Come alguma coisa minha filha. Cooome."
"Vamos. Pegou o material? E a sapatilha porque depois do inglês tem balé."
As gêmeas acordaram!
"Carol vai indo pro carro que a mãe só vai fazer a mamadeira delas."
Putz, passou o xixi.
Troca a fralda, enquanto a mamadeira tá no micro.
Carol já tá atrasada, eu ainda de pijama.
"Antôôônia, olha elas pra mim que vou levar a Carol no inglês e já volto."
Vou de pijama mesmo e volto.
Voltei.
Troca a roupa das gêmeas.
Côco.
Separa uma bolachinha, bico, paninho, lencinho umedecido.
Coloca as duas no carro, vamos passar para pegar a Carol no inglês e esperar por ela no colégio enquanto faz balé.
10:00 Enquanto Carol faz balé, Isadora e Helena andam/correm/fogem/colocam a mão no lixo pelo pátio do colégio, comem uma bolacha e uma gelatina.
11:00 Acabou o balé.
Vamos embora, coloca as três no carro. Guarda o carrinho. Mais de 11:30 já.
Chega em casa quase meio dia.
"Antôôônia, a comida das duas?"
Babeiro.
"Come Isa! Não suja a mana, Helena! Nãããooo, a mão no prato nãooo! A, a, a, faz a abelhinha..."
"Caroliiiinaaaaa, vem almoçar."
"Já botou uniforme?"
"Carol, cooome, Carol."
"Escovou os dentes? E esse cabelo? Vai assim?"
"A lancheira? Quer levar rocambole e qual suco?"
"Vamos, já estamos atrasadas."
Coloca as gêmeas no berço.
13:00 Pega mochila e lancheira. Leva a Carol pro colégio. Quase sempre chega em cima da hora ou atrasada. Que feio.
Acolhida no colégio. Momento bom.
Gêmeas dormem.
Mercado + uma volta ou outra, se precisar.
Gêmeas acordam, dá o lanche.
Troca fralda.
Brinca, canta e dança.
17:00 Buscar a Carol
Quando chega em casa, lanche pra Carol.
Tarefas.
"Tem do inglês também?"
Brinca, canta e dança.
Troca brinquedo, pega brinquedo, guarda brinquedo.
19:00 Janta das gêmeas.
Brinca, canta e dança.
20:30 Banho das três (a hora do banho, rende um outro post)
Gêmeas berço.
"Carol, lavou bem a pequeca? E o pé? Carol, nem lavou o rosto, minha filha?"
"Carol, bota uma meia e desce!"
Janta da Carol.
Marido chega.
Gêmeas dormem.
Janta.
"O que tu quer comer, marido?"
Banho.
"Vamos dormir, Carol."
"E o livro, mãe?"
"Vamos dormir, Carol."
"Escovou os dentes, filha?"
Carol dorme.
23:00 Gêmeas acordam (ou não) para mamadeira.
Todos dormem.
Guarda todos os brinquedos da sala.

Gabi liga o computador e fica na internet.


Essa é uma típica quarta-feira na nossa vida. Mais focada nas necessidades da Carol. Cansou? Pois é, eu ainda tenho tempo de twitter durante o dia todo...
24.5.11

Perigosas em ação! Parte 2

Não adianta apenas subir na poltroninha.

Tem que subir, levantar as mãos e gritar: "Aaaaaaaaaaaaaaaa!!!!"



Isadora







23.5.11

Disney on Ice

Amo a Disney. Amo. Mas amo muito. Assim, por mim ia lá todo ano. Sério. Ok, assumo a maluquice e a infantilidade. E o pior (ou melhor) é que passei esse amor todo pra Carol... coitado do marido...

Assim que vi que este ano teria de novo o Disney on Ice, convidei o marido, que não se animou muito, mas nos "liberou" para ir. Avisei as amigas todas e a mais rápida foi minha concu Kassima. Compramos os ingressos logo e programamos a nossa viagem. Nós duas com as nossas duas mais velhas. Só. A Isa, a Helena e o Dudu não iriam aproveitar ainda, muito pequeninhos, ficaram em casa. Mas, se o marido fose junto, eu até levaria elas sim. Porque é o que digo para todo mundo, Disney, é para todas as idades!

Foram dois dias só nós quatro, fomos cantando alto na viagem, conversando muito, as quatro passeando por Porto Alegre, dormimos lá, no mesmo quarto, batemos muitas fotos de tudo e inclusive de pijama, uma delícia!

Carol e Bella aproveitaram e provaram muitas roupas no shopping, são duas exibidas, ficaram mais tempo em lojas de roupa do que de brinquedo! Enquanto eu e a Kassima olhávamos as coisas, elas iam enchendo os braços com as peças preferidas. Claro que elas pegaram coisas feias demais, que nem deixamos provar, mas muitas coisas elas escolheram bem!

Ah, e enquanto a gente olhava alguma coisa em outras lojas, eu deixava meu Iphone com elas. Elas ficavam sentadinhas quietinhas e nós duas faceiras. Depois que eu vi que a Carol estava batendo foto da Bella e a Bella batendo foto dela e postando no Instagram, que é um programa que coloca filtros nas fotos e posta na mesma hora no twitter e no facebook! Olha, que esperta!

A dupla de jaqueta igual, da C&A. Linda, não?
Mas o show foi sensacional! Adoramos! Retiramos o ingresso lá na hora, super organizado, super tranquilo. A empresa que realiza o show está de parabéns! Ah, e na nossa entrada - VIP - muito chique, estavam distribuindo suquinho Ades para todos! Uma delícia! Pipoca com Ades de maça, adoro! Já que aqui em casa não tomamos refri, só suco mesmo.


A dupla com o ingresso!
E chegando lá, existem lojinhas com produtos Disney! O balde de pipoca, lindo e muito caro R$25,00 não podemos deixar de comprar! Claro que depois ele vai servir para guardar as bonecas Polly da Carol!


Agarrada no balde de pipoca!



E não é que as duas fizeram troca de mães o show inteiro? Carol passou o show agarrda na Kassima e a Belloca ficou no meu colo.

Kassima e Carol

Bella e eu.

Agora vou colocar algumas imagens da patinação, que estava lindíssima! Os dançarinos são maravilhosos, tudo perfeito, na qualidade Disney mesmo!







Dica para quem ainda não foi e vai: no final, os personagens vão pra frente do palco cumprimentar as crianças!

A Bella já tinha ido lá pra frente dançar com eles, e em seguida a Carol foi. Quando elas perceberam eles lá na frente, as duas saíram correndo, sem nos avisar. Imaginem a euforia das duas! Eu e a Kassima ficamos de cabelo em pé! As duas sumidas na multidão! Mas que nada, não era longe da gente e nós fomos atrás delas, e elas logo voltaram e não teve problema nenhum!


Bella dançando lá na frente!

Carol foi junto!

E as duas fugindo!!!!

Carol toda feliz porque deu a mão pro Pluto, e a Bella deu a mão "aquele que rebolava", que era o personagem do filme "Os incríveis".

Não estavam todos os personagens, mas os principais estavam e as princesas Cinderela e Branca de Neve e também a Alice.

E para finalizar a viagem maravilhosa que fizemos, encontramos (sem combinar, sem querer mesmo) com a Lê minha prima e os gêmeos Leonardo e Gabriel, meus lindos, amados, que amo tanto e sinto tanta saudade, que tinham consulta em Porto Alegre!

Foi 10, foi 1000! Valeu concu, em outubro já agendamos a próxima, né?

Comer, comer...

Quando a gente já tem o primeiro filho, fica só esperando as fases chegarem. Eu sabia que um dia elas iriam querer comer sozinhas. Até que demorou. Mas ontem, no almoço, pareceu piada. Consegui dar as cinco primeiras colheradas. E só. Eu colocava na boca, elas colocavam pra fora, pegavam com a mão e comiam. Sim. Comiam. Queriam comer sozinhas mesmo! Mas que barbaridade!


Cadê o prato?
Daí a mãe vai lá, pega a máquina, bate mil fotos e depois, olha as fotos e fica pensando: "Porque não coloquei um pratinho pra cada uma?"

Aqui compramos mil pratinhos de plástico, coloridos, com divisórias, sem divisórias, mais fundo, mais raso, com carinha da Minnie, das princesas e mais sei lá o que. Mas eu acabo usando o prato fundo normal, o nosso, da casa. No começo usava potinhos, daí ficaram pequenos, passei para o prato fundo e nunca mais mudei. E os copinhos? Também temos muitos deles, mas ainda serão usados, com certeza, afinal elas ainda são pequeninhas. Mas e as colheres? Uso a de metal, normal, aquelas de cafezinho, de casa também. Mas as meninas tem muitas, de todas as cores e tamanhos. Nunca gostei de usar. Engraçado que com a Carol eu usava as de plástico... porque mudei? Não sei.

Mas voltando ao assunto do comer sozinhas, no inverno é triste. Suja a rouparada (são duas, né???), tá chovendo, demora pra secar, ai, ai... Mas que bom que é, né? Uma bagunça, elas todas lambuzadas e todas sorridentes! Não na foto acima, porque estavam analisando a comida (dei o mesmo macarrão que foi feito para o nosso almoço). Mas olhem na noite anterior, comendo chocolate a cara de felicidade:



Helena

Isadora

Chocolate?????

Simmm!

CHOCOLATE

Carol deu e eu nem liguei, e além de tudo, fotografei.



22.5.11

Mais um selinho!

Ganhei mais um selinho da querida Nessa, do blog Baby da Nessa e do Beto. Somos praticamente vizinhas (duas quadras nos separam!) e nunca nos vimos! Somos amigas de blog e twitter, mas logo logo sai o nosso encontro, né???

Olha que fofo:


Obrigada! Beijoooo!!!

Estou fazendo o post do Disney on Ice, logo eu coloco!
18.5.11

Selinho!

Ganhei da querida Nuana, do blog Nuana e Helena Petit Poa este selinho que vem junto com uma brincadeira.



Vamos lá!
As regras são: escrever 7 coisas sobre e indicar o selo para 10 pessoas.

Sobre mim:
1) Sou super ciumenta
2) Sou formada em engenharia, mas trabalhei como professora
3) Casei com 24 anos com o meu primeiro namorado
4) Tenho medo de cachorro e não gosto de gatos
5) Sou extremamente curiosa
6) Tenho uma balança no meu banheiro e me peso todo dia
7) Meu vício é ficar grudada com meu iPhone o dia todo, usando a internet

Vou indicar algumas das blogueiras que mais passam por aqui para receber o selinho e participar da brincadeira:
1) Nessa, do blog Baby da Nessa e do Beto
2) Juliana, do blog Mistura cotidianas
3) Su, do blog Fábrica de príncipes e princesa
4) Claudinha, do blog Claudinha Scrap
5) Cintia, do blog Emocões que eu vivi
6) Meriellen, do blog Meu mundinho
7) Renata, do blog Renata CM, mamãe duplex
8) Carla, do blog Carla, mãe da Maria Clara
9) Fabi, do blog O mundo de Sofia
10) Mariana, do blog MMMais3
17.5.11

Poltroninha nova

As meninas ganharam poltroninha novinha, na verdade, reformadinha!

Essas duas eram da Carol, rosa e listrada e ficavam na sala de baixo (que é mais gelada - piso no chão):


Antes

Estavam feias, manchadas e a listradinha estava até com cupim. Levei para forrar e ela teve que ser descartada, então pedi que ele fizesse as duas iguais (eu e minha mania de querer tudo igual...)

E agora elas ficam na sala de cima, que é laminado e reformadinhas ficaram assim:

Depois
Detalhe para a foto das duas de pijama de vaquinha, que fofas, a Isa só coloca e já começa a fazer "Múúúú". E o outro detalhe: "lendo" livrinho do Backyardigans! Muito amor! Elas adoram, passam o dia folheando estes livrinhos e dá uma briga quando um desses livros some...

Mas... a Helena está adorando é ficar em pé na poltrona. Levanta, estica os braços, faz uma cara de safada e olha pra gente. A gente fala: "Senta, Helena" e ela ri, senta, mas faz de novo. Ainda não consegui registar o momento, mas vou bater foto e posto aqui.

Ah, o tecido da poltrona era o melhor (leia-se mais barato) que tinha, porque eu queria listradinho e quando coloco uma coisa na cabeça, não consigo mudar. Não gostava de nada, só queria saber dos listrados, e o mais infantil era esse.

Ficaram fofas minhas bonecas nas poltroninhas?
16.5.11

Cabelo molhado?


Foi muito engraçada a reação das meninas quando eu cheguei na sala de cabelo molhado ontem. Sempre tomo banho depois que elas já estão  dormindo e sempre seco meu cabelo com secador, um pouco menos no verão. E agora que percebi que elas nunca me viram de cabelo molhado (nunca desde o verão, sei lá, faz tempo...).

Sentei no chão com elas e elas ficaram rindo e pegando, colocando a mão no meu cabelo. Achando engraçado, achando estranho, pegavam, riam e saiam. Daí voltavam. E ficaram assim, apertando, amassando, alisando meu cabelo. Descobrindo o meu cabelo! Que fofas!

Daí percebemos a importância de estimular as diferentes texturas com as crianças. Essa semana mesmo vou pensar em mais algumas atividades com materiais diferentes para ver a rea;cão delas. Alguma dica?
15.5.11

Ganhei!

Nunca ganho nadinha em sorteios, mas não é que ganhei 3 flores lindas feitas pela minha prof de scrap, a Claudinha. Aqui está a prova que ganhei! Eheheheh...

Entrem lá para conhecer o blog dela: Claudinha scrap.

As flores:

Lindas, não?

Eu já aprendi a fazer estas flores na aula, querem aprender? O PAP vc pode ver aqui!

E segue uma foto da nossa aula passada. Eu e minhas colegas queridas! Nossas tardes de quinta são muito divertidas!



Yasmine, eu, Tati, prof Claudinha, Lu e Flávia.
13.5.11

Bronquiolite

Nesta mesma semana de maio, no ano passado, minhas pequeninhas tinham apenas 2 meses e  pegaram um resfriado que virou uma bronquiolite. Foi horrível.

A bronquiolite começa com os mesmos sintomas de um resfriado qualquer. Nariz escorrendo, tosse, febre, e essa tosse vai gerando uma dificuldade para respirar, e a tal da chia aparece quando se escuta o pulmão. Daí lembro que fui para internet ler sobre a bronquiolite:

Fonte: Baby center

"A bronquiolite decorre da inflamação das pequenas vias aéreas dos pulmões (bronquíolos), provocada pelo vírus, agravado pelo acúmulo de muco. Isso dificulta a passagem do ar, causando sintomas parecidos com os da asma.

Uma das causas da doença é um vírus chamado sincicial respiratório (VSR), que também pode provocar infecções de ouvido, laringite e até pneumonia. Mas outros vírus também podem causar bronquiolite, como o rinovírus (do resfriado comum), o adenovírus, o influenza (da gripe) e outros.


Pesquisas indicam que bebês infectados por esse vírus podem ficar mais suscetíveis à asma e a outros problemas respiratórios no futuro, mas a relação não foi completamente estabelecida.

Entre as crianças que estão mais vulneráveis a desenvolver uma insuficiência respiratória mais séria por causa do vírus da bronquiolite estão os bebês nascidos prematuros, os nascidos com problemas cardíacos ou pulmonares e aqueles com deficiências no sistema imunológico.

Nestes casos, a bronquiolite pode ser extremamente grave e deve ser tratada o quanto antes (os casos mais sérios ocorrem em bebês com menos de 6 meses), no hospital."

Imaginem uma mãe apavorada. Eu. Eu simplesmente não dormia. Eu ficava acordada com elas no meu colo, escutando a respiração, porque parecia que elas iam parar de respirar a qualquer momento.

Foram 5 dias de hospital, depois de muita nebulização, muito soro para lavar o narizinho e tantas picadinhas nas minhas meninas. Um pecado.

Depois disso, elas ficaram praticamente o inverno todo em casa. Ficamos com muito medo de acontecer de novo. Mas elas tão pequinhas, tão frágeis... não custou nada, o inverno passou e elas não tiveram mais nada. Mesmo com a irmã em idade escolar, que "traz" todos os vírus pra dentro de casa.

Por isso eu digo para as mães de gêmeos, mães de prematuros, ou mesmo quem tem bebê em casa e nascem no inverno. Cuidem. Cuidem com as visitas e filhos mais velhos, que trazem "tudo"da escola, porque depois é a gente que sofre!

E ontem as duas tiveram febre. Hoje estão chatinhas, não querem comer nada. Claro que este ano elas estão mais fortes do que ano passado, mas espero que não fiquem ruizinhas não. Filho doente acaba com a gente.
10.5.11

Cachecol!

Olhem só o presente que ganhamos da Bia, mães das gêmeas fofas Laura e Sofia:

Todas de cachecol igual!
No chá de bebê da Gina, que está gravidíssima de gêmeas, ela ganhou os cachecóis iguais, achei o máááximo, mas não tinha percebido que a Bia que tinha dado. Depois, vejo a Bia e a duplinha dela todas de cachecol igual no facebook! Morri! Só eu que não tinha!!! Daí que reclamei que só a gente que não tinha e tal e não é que a Bia mandou fazer um pra nós também! Eba!!!!! E fez o nosso rosa, a cor preferida das meninas e da mãe delas!

Olhem as pequenas Laura e Sofia como são fofas! Estão com 8 meses. Bia é a super mamãe que faz jornada dupla, trabalha muito e dá conta do recado ficando com as fofas o máximo de tempo possível!

Sofia, mamãe Bia e Laura
Bia querida! Amei! Obrigada!

Agora tenho que achar a foto que a Gina bateu com os cachecóis em cima da barriga no dia do chá!
9.5.11

Meus cartões

O dia das mães ainda está rendendo aqui em casa...

Começou com a apresentação no colégio, que já postei aqui, passando pelo caf;e da manhã e almoço ontem e só vai terminar na quinta com a apresentação da aula de inglês (oba, adoro!).

Domingo acordei com as pequenas e perguntei se a Carol tinha feito meu café da manhã. Ela desceu e foi arrumar a mesa. Não tinha nada em casa, mas ela colocou tudo que achou, para cada um tinha um nescauzinho, um suquinho e no meio do prato um bombom! Que amada! E no meu prato, o meu presente e uma cartinha linda!

Minha filha é tão amada, que fomos no nosso jardim, pegamos rosas, que estavam lindas, e ela fez um cartão para vó Liége, vó Jacira, dinda Kassima e tia Lilian! Deu o cartão e uma rosa para cada uma. Que amor!

Daí na sexta perguntei se ela não tinha nada para me entregar, porque vi uma coleguinha entregando um envelope rosa pra mãe dela. Nossa! Ela ficou muito braba! Ela disse que o combinado era entregar para as mães só domingo e a amiga estragou a surpresa! Ficou toda chateada!

Mas não tenho como deixar de mostrar aqui os cartões que ganhei da Carolzinha. Mães de bebês, aguardem, sua vez vai chegar!


Envelope do cartão que fizeram no colégio...


Cartão feito no colégio, mas que ela só me entregou domingo!

Cartão que estava no meu prato do café da manhã.

Cartão que ganhei no dia da apresentáção com a receita de como fazer uma mãe feliz!
"Amor da minha vida" está presente em todos os cartões, repararam? Era o refrão da música que ela cantou na escola. Mas ela que é o amor da minha vida!

Uma foto minha com as pitoquinhas, no almoço ontem de dia das mães, que ainda não me escrevem cartões, mas me deram muitos beijos lambuzados!

E aqui os amorezinhos da minha vida!

8.5.11

Feliz dia das mães!

FELIZ DIA DAS MÃES!

Carol, Isa, eu, minha mãe e Leninha.
7.5.11

Ser mãe...

Este post foi uma sugestão da querida Re, do Vestido de Rodar. Ela esta fazendo uma homenagem especial para nós, mães lá no blog dela e cada dia estamos lendo posts maravilhosos de mães queridas da nossa blogosfera materna!

Desde sempre eu soube que seria mãe. Muitas vezes eu falava da Carolina, antes mesmo de ela nascer, sem nem estar grávida dela ainda. Tinha certeza que teria uma menina e ela se chamaria Carolina. E não é que Deus foi tão bom comigo, que além dela, me deu mais duas meninas? E gêmeas? Um sonho. Me sinto a pessoa mais feliz do mundo por ser mãe da Carolina, da Isadora e da Helena.

Adoro vivenciar o dia-a-dia delas, adoro sair para passear com elas, gosto de dar o banho, de dar mamadeira, de sentar no chão e brincar, gosto dessa função enlouquecedora que é cuidar das três sozinha. Gosto não, amo!

Sei que os filhos são do mundo, mas costumo sofrer por antecedência, e sofro sim quando paro para pensar e vejo o quanto cresceram, como passa rápido. Brinco com a Carol que vou congelar ela para parar de crescer! Não dá vontade de congelar???

Não sei se é pela certeza que eu nunca mais vou poder gerar uma criança, nunca mais vou poder ficar grávida - não tenho mais útero - que quero tanto acompanhar todos os passos delas, que vivo tão intensamente a maternidade desde o nascimento das gêmeas e por isso, queria que o tempo passasse mais devagar... Muitos me falam: "Ah, mas tá bom três, né?" Sim, tá bom, tá ótimo, mas e daí se eu quisesse mais um? Não, da minha barriga eu não posso mais.

Como já citei em outro post, estou passando por uma fase de prazer total em cuidar das minhas filhas, de vê-las crescer a cada dia. E está maravilhoso! Eu quero ser a melhor mãe do mundo pra elas, faço o possível pra isso e para que elas tenham orgulho da mãe delas! Quero que elas lembrem pra sempre dos nossos momentos juntas, que pra mim são inesquecíveis!

Olhar hoje pra Carol e lembrar dos primeiros dias de vida dela, tão alegres, dos aniversários, primeiro dia na escola, quanta saudade, mas também já sinto saudade do que está por vir, minha mania de sofrer por antecedência. Como ela vai ser? Será que estou ensinando tudo direitinho? Como é difícil educar! Vejo hoje uma menina delicada, estudiosa, querida, que já conversa sobre tudo, uma mocinha. Fico admirando ela lendo, escrevendo seus textos, seus desenhos, tem cada ideia, é tão criativa... que linda.

Olho para as minhas duas pequenininhas hoje e lembro dos tristes primeiros dias de vida. Olho hoje e não acredito como estão saudáveis, como estão grandes, como aquelas duas prematurinhas estão se desenvolveram tão bem. Quanto medo. Como foram corajosas. Escolheram viver! E estão vivendo muito bem!

Olhar a Isadora hoje, tão carinhosa, tão manhosa, me abraça, me beija, vai fechando os olhinhos enquanto estou dando mamadeira pra ela, que linda. Como ela vai ser na idade da Carol? Ser mãe é ficar imaginando...

Olhar para a Heleninha fazendo suas artes, mandando beijo, correndo para grudar na minha perna quando sente alguma coisa estranha, diferente. Aquele sorriso dela pra mim, que linda. Como ela será daqui uns 15 anos? Vou sonhando...

Ser mãe é maravilhoso,
Ser mãe dói,
Ser mãe não tem explicação,
Ser mãe não é para qualquer uma,
Ser mãe é viver,
Ser mãe é torcer, vibrar,
Ser mãe é esperar
Ser mãe é tudo que eu sempre quis pra mim!

E ser mãe da Carolina, da Helena e da Isadora é tudo que eu mais amo nessa vida. Obrigada minhas filhas por existirem e por me fazer tão bem e tão feliz!

Eu e minhas 3 bonecas...
5.5.11

Dia das mães no colégio

Adoro as festinhas na escola. Curto mesmo, não perco nenhuma, chego cedo, sento lá na frente, filmo, bato foto, choro, dou risadas, tudo ao mesmo tempo!

E ontem foi a festa do dia das mães! Quanta alegria, quanta emoção. Semana passada a Carol e a Emily já chegaram cantando a música, Esperando na Janela - Cogumelo Plutão, mas mesmo assim, sabendo qual seria a música, foi lindo e emocionante. Quer coisa mais linda do que o teu filho cantando: ...você é o amor da minha vida... e te olhando nos olhos e rindo com o olhar pra ti?

E ela foi para a escola, toda linda, escolheu o penteado, me falou para sentar no ladindo de cá do palco, que ela ia ficar bem ali para eu filmar. E lá estava ela, toda linda, no lugar que ela me disse mesmo, porque ali, ela e a coleguinha ficaram para narrar a apresentação para nós! E claro, ela leu muito bem, uma fofa, tudo certinho!



As narradoras Gabriela e Carolina.
 Este ano, o colégio optou por fazer tudo separado, por sala. Confesso que eu adorava ver todas as apresentações, afinal, amo crianças, sou metida, curiosa, mas foi beeeem melhor assim, muito mais civilizado cada um fazendo a sua parte, as mães conseguiram ver tudo, sem precisar levantar, passar na frente dos outros, ninguém atrapalhou ninguém e nós não atrapalhamos as crianças. A apresentação foi perfeita!

Olha que momento que a tia Elenita registrou (roubei a foto do facebook dela!). Muito engraçado, todas as mães registrando tudo!



Mães corujas
 E o presente foi um cachecol/pashimina, bem quentinho e macio. Lindo. Adorei a ideia do presente. E claro, um cartão lindo, com muito corações desenhados e palavras de amor, como a Carol adora!

Chorei?

Depois da apresentação no anfiteatro, descemos para um lanche no cantinho da dona Benta. Um capricho, uma mesa com bolinhos e biscoitos deliciosos, um cantinho para leitura e a poltrona da dona Benta, com direito a colcha de retalhos e tudo!


Na poltrona da dona Benta!
 E os méritos são das professoras dos segundos ano, Cris e Elenita, duas queridas, caprichosas, dedicadas, apaixonadas pelo que fazem. A Cris foi professora do Vitor na primeira série e a Elenita foi a minha professora da primeira série. Que máximo, né? Adoro essas coisas, sou muito sentimental nesse aspecto. Saudosista. Acho tão legal elas terem dado aulas para nós e estão lá, agora dando aula para minha filha! Estreita mais ainda o vínculo aluno/professor. E olha só como estão gatonas essas profs, hein?


Carol e a professora querida Cris.



Eu, Carol e tia Elenina querida!

E foi feito tudo em pouco tempo, claro que as professoras já planejam tudo antecipadamente, trabalharam bastante por trás disso tudo, mas as crianças não "perderam" tempo demais ensaiando não. E foi muito bacana.

Segue a letra da música:

Esperando Na Janela - Cogumelo Plutão


Quando me perdi
Você apareceu
Me fazendo rir
Do que aconteceu
E de medo olhei
Tudo ao meu redor.
Só assim enxerguei
Que agora eu estou melhor.

(Refrão)

Você é a escada da minha subida,
Você é o amor da minha vida,
É o meu abrir de olhos do amanhecer,
Verdade que me leva a viver.
Você é a espera na janela,
A ave que vem de longe tão bela,
A esperança que arde em calor,
Você é a tradução do que é o amor.


E a dor saiu;
Foi você quem me curou.
Quando o mal partiu
Vi que algo em mim mudou
No momento em que quis
Ficar junto de ti
E agora sou feliz,
Pois lhe tenho bem aqui.



Foi mais um dia lindo, inesquecível na minha vida de mãe! E em pensar que ano que vem são as três?!? Vou morrer de amor!
 
E tem gente que não gosta dessas apresentações no colégio... como pode?
4.5.11

Curiosas

Isadora
Estávamos na sacada, quando as duas começaram a espiar pela frestinha das madeirinhas. E elas ficaram olhando, daqui a pouco se abaixavam, para olhar para o mesmo lugar, mas de alturas diferentes. Uma chamava a outra, e riam, e olhavam de novo, e riam. Que amor. Gostaria de saber o que passa na cabecinha delas. O que será que elas pensam?

Como são curiosas. Como estão sempre catando coisinhas que a gente nem enxerga. Como acham interesse em coisas que nos passam despercebido.

Essa fase é a fase de exploração, de descobertas, temos que incentivar, mostrar coisas novas, e lembrar de sempre pronunciar corretamente as palavras. Gosto de sair com elas de carrinho, mostrando tudo, falando e explicando o que é isso ou aquilo lá. Dou alguma coisa na mão, muitas vezes para distraí-las, outras para mostrar o que é. Mas também gosto de deixá-las soltas, andando, procurando, explorando mesmo, claro que em locais seguros. Porque vai cada uma para um lado sim. Elas exploram cada uma de acordo com o seu interesse.

E é essa fase que a gente ensina qualquer coisa para eles e eles aprendem muito rápido. Aqui estamos nas partes do corpo humano. Coisa mais fofa quando a gente pergunta "cadê o nariz?" e os dedindos vão na cabeço, nos olhos e enfim, apontam no nariz! E aqui, quando a gente pergunta pra uma, a outra já tá fazendo! Coisamaislindadomundo!
2.5.11

1 ano e 2 meses

Minhas fofas hoje estão completando 1 ano e 2 meses.


Helena e Isadora.

1.5.11

Heleninha...

Isadora e Helena
Mães de gêmeos me ajudem!

Helena não pode ver a Isadora com nada na mão que vai lá e tira. Mas ela pega, olha, sai de perto da irmã e larga o objeto. Que danada! Já briguei, já tirei da mão dela e devolvi, já tentei explicar, já dei tapinha na mão (ela adora!), já ri muito, mas nada adianta. Já falei pra Isadora não deixar, mas não adianta. A menina é perigosa! Veio o primo Dudu aqui e eu pensei que seria bom ele fazer isso com ela, tirar as coisa dela! Que nada! Ela tirou as coisas da mão do Dudu também!

Acho que isso vai longe... muitas vezes ela está com bico na boca, vai lá e arranca o bico da Isa. E a Isa é uma atriz. Ela chora, chora, se joga no chão, abaixa a cabeça, chora mais... E juro, eu fico rindo delas, porque a cena se repete milhões de vezes por dia. É engraçado.

Eu não sei se isso acontece com vcs, preciso de dicas para resolver a situação aqui, mas acho que só mesmo quando aparecer alguém para tirar as coisas da Helena que ela vai sentir o que ela faz com a irmã. Acredito que no colégio, mas só ano que vem...

Carolina também era assim boazinha, tipo a Isa. As crianças mordiam ela e ela não fazia nada. tiravam o brinquedo dela e ela raramente fazia escândalos... Se bem que minha mãe diz que a Isa também tira as coisas da mão da Helena, só que a Helena não é tão atriz assim e não faz aquele choro todo que a Isa faz...

Ai, ai... e aí? Alguma dica?

Nossa Páscoa 2011

Vale postar o nosso dia de Páscoa uma semana depois? Hoje, no mundo virtual, tudo acontece na hora, portanto a Páscoa já é passado! Tudo muito rápido, mas poxa, eu estava sem computador, não consegui baixar minhas fotos, então o registro da nossa Páscoa vem uma semana depois sim!

Bom, como todos os anos, as pegadinhas do coelho esperam por elas na sala, com suas cestinhas de Páscoa. Ano passado as gêmeas não ganharam cesta, afinal tinham 2 meses de vida, mas esse ano sim!



Em casa, comendo seus ovinhos!


Depois, fomos almoçar na vó Liége, que preparou uma mesa com os ovos, coelhinhos, presentinhos (ganharam pantufas de coelhinhos e pijaminhas fofos). Mas claro que em dois segundos as pequenas destruiram a mesa...

Mesa que a vó preparou para elas.
 Depois do almoço fomos para a chácara, onde a vó Jacira e a tia Lilian, ops, quer dizer, o coelhinho,  esconderam os ovos por tudo. Carolina e Isabella fizeram uma gritaria, correram por tudo, uma alegria!

O coelhinho todo ano deixa aqui em casa uma cesta para Isabella, minha afilhada e lá na Isabella, ele também deixa uma cesta para Carol, afilhada da Kassima. Ah, e o meu fofo afilhado Andre também ganhou cesta esse ano! Pena que não fomos até lá visitá-lo, mas mandei a cesta na segunda mesmo e ele recebeu e ficou feliz!

Troca de cestas entra Carol e Bella.
 Saindo da chácara ainda passamos na bisa Maria, mas ela tinha ido na missa. A bisa Adelina e o biso Toninho almoçaram com a gente. Tio Vitor também estava aqui, passou o feriadão conosco! Foi um dia puxado! Na segunda ninguém quis saber de acordar cedo!