31.7.13

Plantando, brincando, sujando, molhando!

Lembrando do verãozinho de maio (estas fotos são de maio), aqui moramos em casa, e as meninas adoram quando eu compro plantinhas e trago para casa, todo mundo coloca a mão na terra, todo mundo planta, todo mundo se suja e se molha! Muitas vezes, levo elas para escolher as flores, o que elas mais gostam é de comprar várias cores diferentes para plantar na casinha de bonecas delas. Elas adoram!







Dica da Gabi: Não entendo muito, mas sei que devemos plantar nos meses sem a letra R - maio, junho, julho e agosto! Então, aproveitem, ainda dá tempo!

30.7.13

[Viagens] Dica de viagem em família!

Ano passado fizemos uma viagem em família, fomos em 12 pessoas e a minha dica para quando viajamos em grupos grandes é: façam camisetas personalizadas para todos!

Foi o que fizemos, para 10 dias, 3 camisetas diferentes. Uma amarela "Brasil", outra amarela "Tigre" e a outra branca. A branca foi a que menos usamos, porque não chamava atenção, a gente não "se enxergava" de longe. Já as amarelas, foram muito usadas, e ajudou bastante, de longe, a procurar onde estava a turma, ou os mais apressadinhos ou os mais atrasadinhos!

Aproveitamos para homenagear nosso time do coração, Tigre, que estava prestes a subir para a série A, e claro, que brasileiro que viaja para fora do Brasil, adora vestir a camisa/verde amarela, não é?

Era legal também quando alguns iam primeiro em um brinquedo, o pessoal logo falava: "Já passou um pessoal do grupo de vocês por aqui!" 

A ideia foi minha e foi super aprovada! 






Ah! Ficamos hospedados em uma casa, que tinha máquina de lavar e secar, e isso claro que facilitou bastante, porque lá estava quente e a camiseta não aguentaria dois seguidas!
28.7.13

[Festa] Festa colorida!

Mamãe Cacá decidiu fazer uma festa muito colorida para as filhotas, que completavam 1 ano e 5 anos, e a festa ficou linda! Quem me segue no instagram (@gabigbm) acompanhou um pouquinho do que foi feito para a festa.


Iniciando os trabalhos...
Este foi o convite, a folha listradinha deu um charme no convite, mas o ponto alto foi o laço fofo logo abaixo da tag com os nomes dos convidados. Amo laços!


Uma parte dos convites, já prontos.

Quase pronto!
Mais fotos do meu instagram:


Muitas tags...

#mutoamor
E aqui os personalizados:













E a lembrancinha? Vasinhos coloridos com as flores da época!


Lembrancinha fofa!

Detalhes da mesa:





Essas bolas e lamparinas penduradas no teto (que deram o maior trabalho!!!), e os leques do painel, foram comprados na Party City.

Foi trabalhado, mas valeu a pena, hein? Não ficou linda demais a festa colorida? Valeu a parceria, amigas Clau e Lô! 

Mais fotos da festa no site do fotógrafo Dani Amante.


Bandejas, mesas, balões, pufes, vasos, tapete: Be Happy
Vasos de flores: Célio Torres
Local: Vith Rick

23.7.13

Ela não sabe voar...

Isadora chorando, braba comigo porque não queria dormir, enquanto fazia xixi. Daí chamei a Helena e falei: "Helena, vai lá pedir pro pai trazer o aquecedor, mas vai voando!" Isadora para de chorar, me olha bem séria e diz: "Mãe, ela não sabe voar, só os super fofos sabem..."


11.7.13

Aprenda com a Helena: Disco de Newton



Helena, 3 anos, ensina para vocês o disco de Newton, não percam! Professora Carol ficaria muito orgulhosa, com certeza! #muitoamor
1.7.13

E como foi?

Respondendo ao post sobre a viagem de filha única, foi ótimo, a Carol super companheira, não reclamava de cansada, curtiu muito, muito, super interessada, ela amou e nós também. A gente passeava o dia todinho e ela firme e forte!

Já por aqui, a duplinha ficou bem, mas ficou bem resfriada, ficaram bem caidinhas. É incrível, sempre que a gente viaja, elas ficam doentinhas. Sempre. Não importa a data da viagem. Mas conseguíamos nos falar pelo Facetime todos os dias e nada de choros,elas ficavam bem contentes e percebi que elas ficaram com muita saudade da "Calol", ficavam faceiras chamando pela "Calol", umas queridas!

Desta vez não chorei de saudade delas lá, e sim na volta. Me deu uma dor no coração quando cheguei, sei lá, uma coisa ruim de ter deixado as duas... Daí eu fico naquela loucura e juro que nunca mais vou viajar sem elas! 

A Isadora do nada vinha e me dava um abração, bem forte, saudade mesmo, aquele abraço bom, sabe? E ficou assim, mil abraços fortes desse. Ela brincava um pouquinho e vinha dar um abração. Querida, estava demonstrando a saudade que sentiu, ela é muito carinhosa.

E foi assim, se me perguntar, juro que não faço mais isso, mas quem me conhece sabe, se o marido inventar outra viagem, eu vou junto sim. 

Nós 3!